Expresso Para Berlim (1948), de Jacques Tourneur

berlinexpress

Existe algo mais aterrorizante do que uma guerra de proporções mundiais, onde dezenas de milhões de pessoas perderam a vida de forma bárbara? Em Expresso Para Berlim, Jacques Tourneur cria um noir expressionista sem fugir de seu gênero preferido, o terror. Afinal, apesar da amarrada trama de mistério e intriga, o filme versa mesmo sobre o horror das consequências da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos no mundo. Continuar lendo

Além da Linha Vermelha (1998), de Terrence Malick

thin red line

Um soldado americano se esconde das batalhas do Pacífico, durante a Segunda Guerra Mundial, em uma ilha intocada pela modernidade. Em meio aos nativos desse local idílico, encontra outro tipo de sociedade, formada por homens sem qualquer amarra social. Selvagens? Não, livres. Ali, o contato com a natureza é íntimo, expondo o âmago da ligação do homem com sua terra. A vida existe pelo simples ato de viver. Esse é o início de Além da Linha Vermelha, mais do que um filme de guerra, um filme de ideias. Continuar lendo